Home

Ásia

こんにちは! Não é só a lingua - na Ásia, o varejo também é muito diferente.

Online, offline e em todo o lugar

Omni-channel é a nova buzz word do mundo do marketing. Antes, vender um produto era mais fácil: você estudava o mercado, desenvolvia o produto e o comercializava. Graças à tecnologia, chegamos a um novo mundo. onde o relacionamento com o consumidor é construído em múltiplas plataformas. Hoje, a onipresênça é vital: esteja em todo lugar… ou não esteja em lugar nenhum. Experiências de compra se tornaram experiências de vida e estão todas conectadas - online, offline, no mobile, etc. E poucos lugares fazem isso tão bem quanto o Japão.

Números

  • No ano passado, a PwC desenvolveu uma pesquisa para entender quais países melhor se adaptaram ao conceito de omnichannel. Foram levados em consideração itens como comportamento do consumidor, grau de digitalização e infraestrutura;
  • O 1º lugar ficou com os EUA enquanto o Japão ficou como o 8º país com maior índice na escala ominichannel do mundo. O Brasil ficou em 19º lugar da mesma lista;
  • O setor mais forte em omnichannel é o de eletrônicos, seguido por produtos de mídia e calçados.

Tesco na Coreia do Sul Food

A Ásia é famosa por ser pólo de inovação tecnolgócia. Não a toa, o supermercado Tesco escolheu a Coreia do Sul para testar “prateleiras virutias” nos metrôs de lá. A versão local do mercado, a Home Plus, instalou displays em tamanho real nas estações de Seul com as embalagens dos 500 produtos mais populares das lojas físicas. Com o aplicativo do mercado, o consumidor podia escolher o que quer comprar através do QR Code das imagens e aguardar a entrega dos itens na sua casa. Em trinta dias, as vendas online cresceram 200% em comparação com o mês anterior.

Disney Media

A Disney já entendia o conceito de omnichannel muito antes do termo ficar na moda. O que nasceu como um estúdio de animação hoje é uma companhia multinacional e bilionária. São canais de TV, filmes no cinema, jogos mobile, brinquedos físicos, parques de diversão e franquias de produtos espalhados no mundo inteiro. A marca consegue impulsionar vendas e aumentar seu lucro por estar sempre presente na vida de pais, filhos e consumidores em potencial dos seus produtos.

Vending Machines Retail

O Japão é o rei das vending machines. De pães enlatados a sushis, existem atualmente 5.52 milhões de máquinas por lá. E existe também um motivo específico para esse modelo de negócio ser tão famoso no país. As vending machines são um símbolo do quão seguro o país é, já que ficam no exterior sem vigilância, e do quão prático são seus habitantes. Hoje, as máquinas vendem não apenas produtos, sendo responsáveis por uma grande fatia das vendas, mas também a prórpia marca.

Powered by Social Miner e E-Commerce Brasil